Cadastro Único

Cadastro Único – Você sabe o que o Cadastro Único, também chamado de CadÚnico? Pois ele é a maneira mais fácil da população de baixa renda ter acesso a dezenas de programas sociais oferecidos pelo Governo Federal. Se você quer saber mais sobre esse cadastro, quais os programas que você pode participar e como se inscrever, continue lendo que esse artigo esclarece tudo que você precisa saber.

O que é

O Cadastro Único é a principal maneira de pessoas de baixa renda terem acesso aos programas sociais do Governo Federal, são mais de 20 iniciativas de políticas públicas contempladas por esse programa. As famílias que cadastram no Cadastro Único devem ter renda mensal que não ultrapasse meio salário mínimo por pessoa. Desde sua criação o Cadastro Único já reúne mais de 27 milhões de famílias inscritas em seus diversos programas.

Para que serve o Cadastro Único (CadÚnico)

O CadÚnico serve para que as pessoas que possuem baixa renda e necessitam de auxílio do Governo para terem acesso a moradia, educação, saúde e alimentação, possam ser direcionadas aos programas sociais do Governo que vão ajudar elas. São mais de 20 milhões de famílias beneficiadas pelos programas sociais, que foram selecionadas a partir do CadÚnico!

Cadastro Único

Cadastro Único e Bolsa Família

O principal programa social que as famílias participam por meio do Cadastro Único é o Bolsa Família, programa do Governo Federal, que ajuda financeiramente as famílias que não tem renda suficiente para se sustentar e por isso vivem em extrema pobreza. Ao se cadastrar no Cadastro Único as pessoas que atendem aos pré-requisitos do Bolsa Família são cadastradas no programa.

Para participar do Bolsa Família é necessário ter renda por pessoa inferior a R$ 85 reais, ter crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos ou mulheres grávidas na família. Além disso, as crianças devem estar frequentando a escola regulamente.

Como se cadastrar no Cadastro Único

O Cadastro Único pode ser feito nas secretárias de assistência social dos municípios, ou no Centro de Referência de Assistência Social, nas cidades que possuem Cras. O responsável pela família deve ter mais de 18 anos.

As famílias devem ter renda por pessoa menor do que meio salário mínimo para poderem participar do cadastro. Além disso é preciso lembra que, o simples fato de se realizar o Cadastro Único não inclui as famílias nos programas sociais, para isso é necessário passar por uma avaliação de documentos para comprovar que a família realmente está dentro dos requisitos exigidos pelo Governo Federal.

Veja também:

Documentos necessários para o Cadastro Único

Se você for realizar a inscrição no Cadastro Único é necessário levar os seguintes documentos:

  • CPF e título de eleitor de uma pessoa com mais de 18 anos que será a responsável pela família
  • Documentos pessoais de todas as pessoas que compõem o núcleo familiar.
  • Comprovante de renda das pessoas com mais de 18 anos da família.
  • Comprovante de matrícula e de frequência das crianças e adolescentes da família.

Leve todos os documentos na hora de realizar o cadastro para que você evite pendências. Além disso, é preciso atualizar com frequência o CadÚnico, pois as informações desatualizadas podem gerar perda dos benefícios.

Se gostou, vote!

Deixe um comentário